Instrumentos de medição: história e evolução

Instrumentos de medição: história e evolução

A Medição é o termo designado para definir o processo onde é determinado experimentalmente um valor para uma característica que possa ser atribuída a um objeto ou um evento, permitindo assim que sejam realizadas comparações. Sendo assim, a medição e os instrumentos de medição são processos fundamentais para o desenvolvimento humano dentro das ciências naturais, tecnologia, economia, engenharia, ciências sociais, etc.

LEIA MAIS:
Evolução da Manufatura Aditiva (Impressão 3D)
Usinagem com robôs: como funciona e quais as vantagens
A história da usinagem: da antiguidade até os dias atuais

Para que seja realizada a medição, são necessários dispositivos que possam garantir um valor e uma unidade para determinada grandeza a ser medida. Desta forma, o dispositivo em questão, que é destinado a reproduzir ou fornecer um ou mais valores conhecidos de uma grandeza é chamado de instrumento de medição.

A história dos instrumentos de medição

Desde a história antiga, as ferramentas para medição foram umas das primeiras inventadas pelo homem. As civilizações antigas já realizavam medições rudimentares para diversas tarefas como a construção de habitações de tamanho e forma apropriados, moldagem de roupas, entre outros.

Em um primeiro momento, as medidas tinham como base o corpo humano. Por exemplo, a unidade mais usada na antiguidade era o Côvado, que representava a distância entre o cotovelo e a ponta do dedo médio. O padrão real desta medida correspondia a 7 palmos ou 28 dedos, equivalente hoje a 52,3 centímetros.

Dessa forma, da necessidade de gerar uma medição mais precisa, principalmente para fins comerciais, um dos primeiros instrumentos de medição foi a balança, inventada pelos egípcios cerca  de 5 mil anos antes de Cristo. Esta invenção transformou todo o setor econômico da época, uma vez que este era baseado na agricultura e os impostos cobrados, baseados no peso.

Com a evolução rápida, foram surgindo novas medidas que se tornariam cada vez mais necessárias e novos instrumentos de medida foram sendo criados.

Os instrumentos de medição e a metrologia

Com o aparecimento de novas tecnologias, os instrumentos de medição e sua precisão se tornaram essenciais para a evolução tecnológica da humanidade. Pode-se afirmar, até mesmo, que medidas precisas conferem resultados tão importantes para a evolução humana que existe uma ciência especializada apenas nos critérios de medição, chamada de Metrologia. Esta área da ciência tem como objetivo estudar e obter os melhores métodos para medições cada vez mais exatas de diversas grandezas, estabelecendo unidades e critérios aceitos universalmente.

Por exemplo, existem instrumentos delicados e precisos, para medição de dimensões bem pequenas, como o paquímetro e o micrômetro, que são adequados para medição de esferas de rolamento, profundidade de sulcos em aparelhos de alta precisão, espessuras de folhas e diâmetros de tubos de alta precisão, entre outros.

Desta forma, é possível afirmar que os instrumentos de medida e a medição em si sempre foram uma necessidade para os resultados adequados das atividades realizadas pelos homens, para seu desenvolvimento e para sua vida cotidiana.

Instrumentos de medição para usinagem

Para entender os instrumentos de medição utilizados na usinagem, é preciso antes entender o que é a usinagem em si. A usinagem consiste em um processo mecânico de desgaste da matéria bruta dando origem a uma peça de formato específico. Essa modulação pode ser feita através de processos como a serragem, aplainamento, torneamento, fresagem, furação, brochamento, eletroerosão, entre muitos outros.

O processo de usinagem evoluiu muito com o avanço tecnológico. O que antes era feito de forma totalmente manual, hoje é realizado com máquinas de alta precisão e materiais submetidos a medição, tornando a etapa mais efetiva.

Os instrumentos de medição são diversos e garantem que o material a sofrer o processo atenda melhor aos objetivos da etapa.

Relógio Comparador Mecânico

O relógio comparador permite uma grande precisão de sensibilidade utilizado na centragem de peças, sendo utilizado para verificações de excentricidade e empeno. Além disso, pode ser usado para fazer o alinhamento de máquinas e a verificação de medidas por comparação.

Comparador de Diâmetro Interno

O comparador de diâmetro interno tem a função de medir por comparação diâmetros internos em diferentes profundidades, fazendo a verificação de circunferências. Esse instrumento faz a verificação de ovalização e cilindricidade ou conicidade, através de sua ponta de contato que transmite o movimento ao relógio comparador.

Micrômetro Externo

O Micrômetro Externo é um instrumento metrológico capaz de aferir dimensões de um objeto específico, como espessura, largura, altura, profundidade, diâmetro, entre outros. Ele funciona através de um parafuso micrométrico que faz com que o instrumento conte com grande precisão de medição.

Relógio Apalpador Mecânico

O Relógio Apalpador Mecânico é usado para o alinhamento e centragem, controle dimensional de peças, controle de excentricidades e para a medição de formas geométricas de superfícies. O seu uso depende de algum suporte para exercer sua função na aplicação do controle dimensional.

Multímetro Digital

O multímetro é um instrumento voltado para a medição e avaliação de grandezas elétricas. Esse aparelho incorpora diversos instrumentos em um só, possibilitando medições feitas por voltímetros, amperímetros e ohmímetros.

Paquímetro

O Paquímetro é um instrumento utilizado para medir a distância entre dois lados simetricamente opostos de um objeto. A ferramenta é ajustada entre dois pontos, retirado do local e a medição é lida em sua régua.

2 comentários em “Instrumentos de medição: história e evolução”

  1. Pingback: Marketing Industrial: a nova revolução do setor - Vemax

  2. Pingback: A história da indústria aeronáutica brasileira - Vemax

Deixe uma resposta