A importância da padronização dos processos industriais

A importância da padronização dos processos industriais

A padronização dos processos industriais preza a segurança e pela otimização do trabalho, por meio de instruções, descrições de tarefas e treinamentos de capacitação que combatem desperdícios e prejuízos.

LEIA MAIS:
Custo Brasil e o seu impacto no país
Mitos da refrigeração nos processos de usinagem
Como será o chão de fábrica da Indústria 4.0

Optar pela implementação dessa padronização dos processos industriais é o primeiro passo rumo a melhorias contínuas, onde a empresa poderá angariar benefícios ao padronizar os seus procedimentos.

Essa técnica promove a aprendizagem do corpo de funcionários a partir de atividades que buscam a melhoria constante de processos, com o objetivo de evitar situações prejudiciais emergenciais que envolvem crises.

blank

Benefícios da padronização dos processos industriais

Qualidade ao produto final

O mercado está sempre mais amplo e com clientes cada vez mais exigentes. Por esse motivo, a indústria deve prezar a otimização de sua produção, voltada à qualidade do que será entregue.

Nesses casos, a padronização dos processos industriais garante uma visão clara e amplificada de toda indústria, ajudando os gestores a identificarem o que precisa ser melhorado e aprimorado.

Mitigação de falhas

Por meio da padronização dos processos industriais, é possível garantir, entre outros elementos, o padrão de qualidade dos produtos ou serviços.

Isso porque ela promove um sistema bem definido e executado, sem surpresas ou falhas, de forma que os resultados estejam alinhados com as expectativas.

Informações mais organizadas

A confiabilidade dos processos industriais está diretamente relacionada a informações referentes à produção, demandas, estoque, colaboradores e ao financeiro.

Por isso, é fundamental que elas estejam devidamente organizadas.

Aumento da produtividade

Uma vez que a padronização dos processos industriais otimiza o sequenciamento e gerenciamento de atividades, pode-se promover o aumento da agilidade e da eficiência de cada etapa na linha de produção.

Uso correto de recursos e maquinário

A partir da padronização dos processos industriais, o uso de maquinário, como centro de usinagem horizontal, e de outros recursos igualmente essenciais para a linha de produção se torna mais otimizado no sentido de garantir maior controle e gerenciamento aos gestores, reduzindo panes e desperdícios.

blank

Como implantar essa filosofia?

Para começar a implantar a padronização dos processos industriais, é preciso:

  • planejamento, em que são feitas as análises de todos os processos para definir indicadores de desempenho;
  • avaliação detalhada de todos os processos identificados anteriormente, para, assim, gerar uma avaliação do que deve ser melhorado;
  • alinhar os processos com os objetivos de forma a simular cenários em que as melhorias necessárias estão inclusas, promovendo a otimização de desempenho;
  • a implantação, de fato, dos processos padronizados no fluxo de trabalho. É possível utilizar algumas tecnologias e softwares para tal;
  • o monitoramento de processos para saber se estão, de fato, atingindo os objetivos propostos. Os principais indicativos são: tempo, produtividade, custos e qualidade;
  • ajustes e refinamentos do que foi implementado e precisa ser alterado para atender às necessidades dos projetos e dos clientes;
  • maquinário de ponta, para garantir a qualidade dos produtos e mitigar panes e interrupções na linha de produção.

Facebook | Instagram

Deixe uma resposta