Fresadora CNC: 5 dicas para operá-la melhor

Fresadora CNC: 5 dicas para operá-la melhor

Dentro do ambiente industrial, mais especificamente no segmento de metal mecânica, os equipamentos de fresagem munidos com o sistema CNC (Controle Numérico por Computador) são amplamente utilizados na fabricação de componentes de diferentes matérias-primas, o que supera os métodos tradicionais de moagem, além de promover mais eficácia do que uma fresadora manual.

LEIA MAIS:
Criar e produzir: A importância da engenharia na Indústria
A indústria e a pandemia: impactos e transformações
Usinagem de alumínio

Sendo assim, a operação de uma fresadora CNC requer muito cuidado e atenção. Antes do operador iniciar os trabalhos em um centro de usinagem CNC existem alguns pontos cruciais que são imprescindíveis.

Linguagem G

É necessário que o operador seja proficiente na linguagem G de programação (G-code), pois a maioria das máquinas de usinagem CNC são controladas por um software de controle integrado, que só realiza a movimentação da ferramenta de corte através deste código.

Portanto, é preciso estar familiarizado aos softwares de manufatura (CAM), sendo essa uma habilidade obrigatória necessária a fim de executar operações de usinagem de alta precisão.

Uma vez que está ficando mais fácil utilizar o software CAM, pois existem vários recursos que requerem menos programação, a maioria das empresas oferece treinamento para seus funcionários – especialmente para aqueles que estão apenas começando a atuar como operador de máquinas CNC.

Preparação e manipulação das ferramentas de corte

Outro ponto indispensável é relacionado a rotina de operação de uma fresadora CNC, incluindo start-up e operações de desligamento.

Por exemplo: o operador precisa ter certeza de que as ferramentas de corte estão devidamente montadas antes da operação de moagem começar. Além disso, é preciso carregar as matérias-primas para o espaço de trabalho e realizar os ajustes apropriados para a máquina e monitorar o desempenho do centro de usinagem para garantir que os componentes estão sendo produzidos precisamente.

Caso os componentes não sejam fabricados dentro da faixa de precisão, é aconselhável verificar as condições das ferramentas de corte antes de encaminhá-las para manutenção.

Solucionar problemas e corrigir pequenos erros

Operar uma fresadora CNC também envolve realizar tarefas básicas de manutenção, incluindo substituição de ferramentas. Se o operador se vê frente a um grande problema que afeta o seu trabalho, ele precisa procurar ajuda de técnicos e supervisores mais especializados e treinados para lidar com esse tipo de situação, a fim de resolver tais problemas imediatamente.

Medidas preventivas

Também é necessário compreender as medidas preventivas do ambiente de trabalho antes de começar a executar quaisquer operações de usinagem CNC.

O fator mais importante, e que a maioria dos operadores devem ficar atentos, é a ação de parar a máquina imediatamente quando as peças que estão sendo usinadas saírem do lugar. Dessa forma, ao apertar o botão das fresadoras CNC, o programa de interrupção para a máquina e retrai o corte da ferramenta.

Conhecimento do uso dos equipamentos de inspeção de precisão

O operador de uma fresadora CNC também precisa garantir que os componentes sejam produzidos dentro da faixa de precisão estabelecida.

Portanto, é fundamental fazer uso de equipamentos de precisão de inspeção, tais como paquímetros, micrômetros e comparadores ópticos, para acompanhar o desempenho da máquina de fresagem CNC, de modo a confirmar que o processo de fabricação dos componentes está sendo realizado corretamente.

2 comentários em “Fresadora CNC: 5 dicas para operá-la melhor”

  1. Pingback: Manufatura: 5 tendências para o futuro - Vemax

  2. Pingback: Aplicativos que otimizam a produtividade na usinagem - Vemax

Deixe uma resposta